Aqui é praga


joaninhas1

 
Dizem que as joaninhas carregam a sorte em suas asas pintadinhas. Sempre que alguém se depara com uma, se apressa em pegá-la com a ponta dos dedos. Adoram ver esse inseto perambular pela mão, pelo braço. Quando ela chega ao fim da linha, correm a fazer a ponte para a outra mão, com a intenção de prorrogar o contato com o ágil bichinho. Na maioria das vezes, o encontro é casual e resulta em sorrisos e momentos agradáveis.
Aqui em casa joaninha é praga!
Convivo com elas há algum tempo, pois minha esposa é aficionada do dito hexápode. No último levantamento que fizemos aqui em casa, foram contabilizados aproximadamente 30 itens com o tema  – grampeador, porta recados, móbile, caneta, porta jóia, marcador de livro, massageador, pregador, imã de geladeira, relógio, pelúcia, banquinho de madeira, presilha de cabelo, caixa de papelão, colar, broche, pulseira, guardanapo, pantufa, etc. Ah, fora a tatuagem no pulso!
Pois bem, mas não são de seres inanimados que estamos falando. Elas, as vivas, resolveram tomar de assalto o meu bambu. Acho que o desequilíbrio ecológico começou em virtude da infestação de pulgões que assolou a pobre planta. Alguma joaninha que vagava pelas redondezas deve te visto a fartura de alimento e resolveu montar acampamento. Empolgada com o banquete, resolveu botar uns ovinhos e fixar residência.joaninha2
O ciclo da joaninha me lembrou muito o das borboletas. De uma larva peludinha, ela passa a um híbrido de taturana com joaninha e finalmente larga a casca desse corpo feio para virar aquele fusca vermelho de bolinhas pretas.
Para mim elas não trouxeram sorte, porque aproveitei a estada delas por aqui e joguei 10 bilhetes na mega sena, fora o bolão de comprei na lotérica. O investimento valia a pena, afinal, estavamos falando de um prêmio acumulado de aproximadamente 40 milhões de reais. Meu desempenho foi pífio, tendo acertado apenas um mísero número. No entanto, não posso reclamar, afinal, essas simpáticas criaturas trabalharam bem por aqui e já deram um jeito nos pulgões. Acho que fui injusto em chamar essa miríade de praga.

2 Respostas para “Aqui é praga

  1. Ao final de seus textos, você poderia colocar um mini dicionário para pessoas burras como eu.
    MIRÍADE, que raios de palavra é essa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s